Carrinho de Compras

Chás e Infusões

Confira as condições de Frete Grátis para sua região!

Ervas, chás e benefícios – Lavanda

Vamos falar de mais ervas para chás! Hummm, as opções são inúmeras e sem dúvida, os chás e infusões são uma excelente pedida a qualquer hora!

E o momento continua pedindo calma… respire e serenize!

Precisamos de muita resiliência para entender e aceitar os desafios que se apresentam no mundo todo e, claro, fortalecer o auto-cuidado, o amor próprio e os momentos de paz interior.

De fato, favorecer os cuidados pessoais! Não dá para deixar para depois.

Pensando nisso, e na intenção de promover o contato com a natureza, vamos falar um pouco da lavanda (lavandula angustifolia).

O nome vem do latim “lavare” (limpar, enxaguar) e é originária do Mediterrâneo. Apesar de ser associada à indústria de perfumaria, as flores são muito valorizadas por seus efeitos sedativos e calmantes, e o óleo essencial é usado, inclusive, para tratar problemas respiratórios e dores musculares.

Flores de lavanda

Algumas outras curiosidades: a lavandula angustifolia possui um aroma mais suave e, portanto, mais recomendada para tratamentos terapêuticos. No entanto, existem mais de 115 tipos de lavandas, entre elas, a famosa alfazema. Estas variações de espécies podem apresentar aromas bastante diferenciados, sendo alguns mais fortes e canforados.

Mas, entendendo um pouco mais os poderes desta planta bela e perfumada, foi comprovada cientificamente a eficácia da lavanda para o tratamento do sistema nervoso, por ser relaxante, além de estimular a circulação, ser bactericida, analgésica, carminativa, colagoga e antidepressiva.

Portanto, para o momento atual, onde é comum encontrar pessoas mais ansiosas, preocupadas e irritadas, com sintomas como dores de cabeça e insônia, vale apostar na infusão de lavanda. Através de um exame de eletroencefalograma, a Escola de Medicina da Universidade de Miami comprovou que o óleo da lavanda aumenta o número de ondas beta, promovendo o estado de relaxamento.

E se quiser uma receita simples de infusão, confira no final do texto!

Os principais componentes da lavanda que promovem os efeitos terapêuticos são os óleos voláteis (cineol e acetato de linalil), taninos, cumarinas, flavonóides e triterpenos.

Saindo um pouco do campo científico e passando para o sutil, a lavanda também foi amplamente defendida por Rudolf Steiner, criador da antroposofia, e segundo ele “a lavanda estabiliza os corpos físico, etérico e astral”.

Como se não bastasse todos estes benefícios, os antigos acreditavam que ramos de lavanda colocados nas portas das casas, afastavam o mal. Vale apostar nisso, certo?

E as plantações de lavandas? São uma das paisagens mais lindas que existem! É um grande privilégio conhecer uma delas!

A lavanda é, sem dúvida, uma das plantas mais encantadoras que existem! É pura magia: cores em tonalidades de lilás a roxo, aromas adocicados, potente ativadora do bem-estar físico e emocional.

E em contato com a natureza, as plantas se conectam com seus “buscadores” de maneiras diferentes. O que será que a lavanda pode trazer pra você?

Experimente esta infusão e perceba os seus efeitos!

Receita (infusão básica):

1 colher (chá) de flores secas de lavanda (adquirir em casas de produtos naturais bem conceituadas);

200 ml de água quente (quase fervente, desligar antes do forte borbulhamento).

Coloque as ervas em um bule de chá ou outro recipiente e despeje a água quente por cima. Deixe descansar por até 10 minutos, tampando para evitar que os óleos voláteis escapem. Coe, beba e sinta a infusão fazendo o seu trabalho!

Atenção! Não exagere, de uma a duas xícaras por dia já será suficiente para auxiliar no relaxamento. Uma xícara um pouco antes de dormir, é perfeito! E para mais indicações, procure sempre um médico.

Fonte:

O livro de receitas das ervas medicinais – 100 plantas de A a Z, Publifolha – Autoras: Susan Curtis, Louise Green, Penelope Ody e Dragana Vilinac;

Sites relacionados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.